JoanaMachadotop.jpg

O Artista

From Wikilusa, a Enciclopédia de Portugal
Jump to: navigation, search
The Artist
TheArtist-Pôster.jpg

O Artista (PT)

França
USA

2011 ı p&b ı 100 min ı Predefinição:DJCTQ - 12 anos

Produção Thomas Langmann
Emmanuel Montamat
Roteiro/Guião Michel Hazanavicius
Elenco Jean Dujardin
Bérénice Bejo

Idioma Mudo (intertitles em Inglês)
Música Ludovic Bource
Cinematografia Guillaume Schiffman
Edição Anne-Sophie Bion
Michel Hazanavicius
Estúdio La Petite Reine
ARP Sélection
Distribuição Warner Bros. France
The Weinstein Company
Lançamento França 12 de Outubro de 2011
Portugal 10 de Fevereiro de 2012
Orçamento 15 milhões Dolares[1]
Receita 76.451.962 Dolares[1]
IMDb

The Artist ou O Artista é um filme mudo com produção francesa e americana[2] de 2011, do género Comédia romântica [3][4] e Drama, e conta a história de um actor em declínio e uma actriz em ascensão enquanto o cinema mudo sai de moda, ao ser substituído pelo cinema falado. Passa-se em Hollywood entre os anos 1927 e 1932. O filme dirigido por Michel Hazanavicius, conta com um elenco composto por Jean Dujardin, Bérénice Bejo, James Cromwell, Missi Pyle, Penelope Ann Miller e John Goodman.

Estreou no dia 15 de maio de 2011 em competição no Festival de Cannes. O Director Michel Hazanavicius sempre fantasiou em fazer um filme mudo pois muitos dos cineastas que admira vieram dessa época. Fazer um filme mudo não foi recebido de forma séria inicialmente, contudo depois do sucesso de OSS 117: Le Caire nid d'espions e OSS 117 : Rio ne répond plus, os produtores começaram a mostrar interesse. A versão francesa do filme foi regularmente lançada em 12 de Outubro de 2011 através da Warner Bros França. A Weinstein Company comprou os direitos de distribuição para os Estados Unidos, Reino Unido e Austrália. O filme foi lançado no Brasil em 10 de Fevereiro de 2012.

The Artist foi aclamado pela crítica mundial, e venceu o prémio de Melhor Actor no Festival de Cannes, onde o filme estreou. Recebeu seis indicações ao Globo de Ouro, e venceu em três categorias, Melhor Filme - Comédia ou Musical, Melhor Trilha Sonora e Melhor Actor - Comédia ou Musical (Jean Dujardin). Em Janeiro de 2012, o filme foi nomeado para doze BAFTA[5] e dez Oscar tendo ganho cinco, incluindo Melhor Filme, Melhor Director e Melhor Actor para Jean Dujardin.

Sinopse

Em 1927, a estrela de Cinema Mudo George Valentin (Jean Dujardin) vai assistir à estreia de seu último filme, A Russian Affair (Um Romance Russo). Fora do teatro, Valentin está posa para fotos de imprensa, quando uma mulher jovem, Peppy Miller (Bérénice Bejo), admiradora de Valentin, deixa cair a bolsa. Ao baixar-se para pegá-lo, acidentalmente empurra Valentin, que reage graciosamente e faz um show para os fotógrafos da imprensa. No dia seguinte, Miller encontra na primeira página da revista "Variety"' com o título "Quem é essa menina?". Mais tarde, Miller ao fazer testes como uma dançarina, é seleccionada e faz uma parte na Kinograph Studios próxima produção, apesar das objecções do chefe do estúdio, Al Zimmer (John Goodman). Com um pouco de orientação de Valentin, Miller sobe lentamente através da indústria, ganhando mais proeminentes papéis principais.

Dois anos mais tarde, Zimmer anuncia o fim da produção de filmes mudos na Kinograph Studios, mas Valentin é indiferente, insistindo que o som é apenas uma moda passageira. Decide produzir e dirigir seu próprio filme mudo, financiando-o. O filme estreia no mesmo dia do filme de Miller que tem som, e que coincide com a crise de 1929.

Agora a única hipótese de Valentin de evitar a falência é que seu filme seja um sucesso. Infelizmente, o público migra para o filme de Miller, e Valentin fica financeiramente arruinado.

Como se não bastasse, a esposa, Doris (Penelope Ann Miller), expulsa-o de casa e Valentin falido muda-se para um apartamento.

Entretanto Peppy Miller em ascenção passa de promissora actriz a estrela de Hollywood.

Como resultado da sua condição, Valentin é forçado a leiloar todos os seus pertences pessoais. Num acto de loucura, desesperado e alcoolizado, Valentin incendeia o acervo dos seus filmes, e acaba por ficar preso na casa enquanto o fogo se propaga. É graças ao seu cão que consegue atrair a atenção de um policia, que rápidamente o retira dos escobros em chames da casa. Hospitalizado e com ferimentos do incêndio, Valentin é visitado por Peppy Miller no hospital convencendo-o a ser transferido para sua casa para recuperar.

Num gesto de apoio, Peppy insiste em ter Valentin no seu próximo filme, ameaçando sair do Kinograph Studios se Zimmer não concordar com a sua vontade. Em casa de Melly enquanto recupera, Valentin descobre que tinha sido Peppy Miller tinha comprado todos os seus bens leiloados, e volta ao seu apartamento incendiado. Ferido no seu orgulho e frustração, Miller chega oremonitoriamente e em pânico, quando descobre que Valentin está prestes a cometer suicídio.

Perante este dramático cenário Miller salva Valetim, reconciliam-do-se e consegue convencer Zimmer para deixá-los fazer um musical juntos.

O som finalmente aparece quando começa a clássica cena de dança com Miller e Valentin.

Num epilogo moral exemplar, o filme relata uma história de vida, transversal no tempo, em que o amor, a gratidão e reconhecimento prevalecem num relacionamento entre duas pessoas que se amam.

Elenco

Filme: O Artista

Produção

O filme estreou no dia 15 de maio de 2011 em competição no Festival de Cannes. A formação da narrativa começou com o desejo de Hazanavicius de trabalhar novamente com os actores Jean Dujardin e Bérénice Bejo. Ele escolheu a forma de melodrama principalmente por achar que os melhores filmes da época eram melodramas. O Director realizou pesquisas intensivas sobre a Hollywood da década de 1920 e estudou vários filmes para poder encontrar as técnicas certas para fazer a história compreensível, evitando o uso extensivo de legendas. O guiao levou quatro meses para ficar pronto.[6]

O elenco é uma mistura de actores franceses e americanos. As filmagens duraram sete semanas em locação na cidade de Los Angeles. Durante as gravações, Hazanavicius tocou músicas de filmes clássicos da época enquanto os actores realizavam suas cenas.[6][7]

Lançamento

O filme estreou no dia 15 de maio de 2011 em competição no Festival de Cannes.[8] The Artist foi inicialmente anunciado como um filme fora da competição, mas foi alterado uma semana antes do início do festival.[9] O lançamento na França ocorreu em 12 de outubro de 2011 por meio da Warner Bros. France. A The Weinstein Company comprou os direitos de distribuição para os Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.[10] No Brasil o filme teve lançamento no dia 10 de fevereiro de 2012, distribuído pela Paris Filmes, sendo exibido apenas nas grandes cidades.

Recepção

The Artist foi muito bem recebido pela crítica especializada. No site Rotten Tomatoes, o filme possui um indícide de aprovação de 98%, baseado em 50 resenhas, com uma nota média de 8,8 e o consendo de, "Um tributo a mágica do cinema mudo. The Artist é um filme esperto e jubiloso com maravilhosas interpretações e um estilo visual que sobra".[11] Por comparação, no agregador Metacritic, o filme tem o indíce de 82/100, baseado em 12 resenhas, indicando "aclamação universal".[12]

Mark Adams do Screen Daily chamou o filme de um verdadeiro prazer, "impulsionado elegantemente apresentada pela deliciosa performances de Jean Dujardin e Bérénice Bejo é o mais improvável dos filmes para sentir-se bem." Ele acrescentou no entanto: "O filme se sente um pouco lento para o final do primeiro terço como a música é um pouco repetitivo e os intertítulos são frequentes, mas Hazanavicius consegue dar ao filme um senso real de charme e calor, e os fãs de cinema estarão competindo para detectar referências visuais e musicais".

Peter Bradshaw, do The Guardian descreveu como o filme "tinha-me ficado de pé aplaudindo todo os créditos finais" e afirmou "Eu não posso esperar para vê-lo novamente".

Prémios e Indicações

Oscar

Ano Categoria Notas Resultado
2012 Melhor Filme The Artist Venceu
Melhor Director Michel Hazanavicius Venceu
Melhor actor Jean Dujardin Venceu
Melhor Actriz Coadjuvante Bérénice Bejo Indicado
Melhor Guiao Original Michel Hazanavicius Indicado
Melhor Edição Anne-Sophie Bion e Michel Hazanavicius Indicado
Melhor Direcção de Arte Laurence Bennett e Robert Gould Indicado
Melhor Fotografia Guillaume Schiffman Indicado
Melhor Figurino Mark Bridges Venceu
Melhor Trilha Sonora Ludovic Bource Venceu

Globo de Ouro

Ano Categoria Notas Resultado
2012 Melhor Filme - Comédia ou Musical The Artist Venceu
Melhor Direcção Michel Hazanavicius Indicado
Melhor actor - Comédia ou Musical Jean Dujardin Venceu
Melhor Actriz Coadjuvante Bérénice Bejo Indicado
Melhor Roteiro Filme Michel Hazanavicius Indicado
Melhor Trilha Sonora Ludovic Bource Venceu

BAFTA

Ano Categoria Notas Resultado
2012 Melhor Filme The Artist Venceu
Melhor Director Michel Hazanavicius Venceu
Melhor actor Principal Jean Dujardin Venceu
Melhor Actriz Principal Bérénice Bejo Indicado
Melhor Roteiro Original Michel Hazanavicius Venceu
Melhor Trilha Sonora Ludovic Bource Venceu
Melhor Cinematografia Guillaume Schiffman Venceu
Melhor Edição Anne-Sophie Bion, Michel Hazanavicius Indicado
Melhor Design de Produção Indicado
Melhor Figurino Venceu
Melhor Som Indicado
Melhor Maquiagem e cabelo Indicado

SAG Awards (Screen Actors Guild Awards)

Ano Categoria Notas Resultado
2012 Melhor actor (Principal) Jean Dujardin Venceu
Melhor Actriz (Coadjuvante/Secundária) Bérénice Bejo Indicado
Melhor Elenco Bérénice Bejo, James Cromwell, Jean Dujardin,
John Goodman e Penelope Ann Miller
Indicado

César[13]

Ano Categoria Notas Resultado
2012 Melhor Filme [14] Venceu
Melhor Director Michel Hazanavicius Venceu
Melhor actor Jean Dujardin Indicado
Melhor Actriz Bérénice Béjo Venceu
Melhor Roteiro Original Michel Hazanavicius Indicado
Melhor Fotografia Guillaume Schiffman Venceu
Melhor Montagem Anne-Sophie Bion, Michel Hazanavicius Indicado
Melhor Direcção de Arte Laurence Bennett Venceu
Melhor Figurino Mark Bridges Indicado
Melhor Canção Original Ludovic Bource Venceu

Independent Spirit Awards

Ano Categoria Notas Resultado
2012 Melhor Filme The Artist Venceu
Melhor actor Jean Dujardin Venceu
Melhor Director Michel Hazanavicius Venceu
Melhor Roteiro Indicado
Melhor Fotografia Guillaume Schiffman Venceu

Referências

  1. 1,0 1,1 The Artist (2011). Box Office Mojo. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  2. Festival de Cannes: The Artist. Cannes. Página visitada em 24 janeiro 2012.
  3. Título não preenchido, favor adicionar.
  4. Título não preenchido, favor adicionar.
  5. Silent movie The Artist leads Bafta nominations. BBC News. BBC News. Página visitada em 17 janeiro 2012.
  6. 6,0 6,1 Interview with Michel Hazanavicius. Festival de Cannes. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  7. Interview with Michel Hazanavicius. English press kit The Artist. Wild Bunch. Página visitada em 10 maio 2011.
  8. Horaires 2011. Festival de Cannes. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  9. Mitchell, Wendy (4 de maio de 2011). Hazanavicius' The Artist moves into Competition in Cannes. Screen Daily. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  10. Tartaglione, Nancy (16 de maio de 2011). Wild Bunch, Weinsteins confirm multi-territory deal on The Artist. Screen Daily. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  11. The Artist (2011). Rotten Tomatoes. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  12. The Artist. Metacritic. Página visitada em 23 de novembro de 2011.
  13. "O Artista" conquista seis César. Jornal de Notícias (25 de fevereiro de 2012). Página visitada em 25 de fevereiro de 2012.
  14. 37th César Awards (2012) Nominees. Página visitada em 2012-01-28.

Ligações externas